english language
portuguese language

Como ganhar dinheiro trabalhando na internet? Será que isso é mesmo possível? Quanto posso ganhar por mês?

Neste artigo você descobrirá quais as principais formas de trabalhar pela internet.

Além disso, te mostrarei o caminho certo a seguir e como evitar o erro mais comum dos iniciantes.

Formas de ganhar dinheiro pela internet

Hoje, com tanta tecnologia, toda empresa está aderindo à internet.

Em decorrência disso, muitas oportunidades surgiram.

Por isso, a melhor forma de começar a trabalhar na internet é prestando serviços.

Mesmo que não seja um modelo escalável, é totalmente possível que você consiga uma renda igual ou superior ao que ganha atualmente.

Há outras formas, que exijam um pouco mais esforço e conhecimento, que podem ser uma alternativa para quem não quer prestar serviço.

Esses outros modelos podem ser ainda mais lucrativos e escaláveis para quem tiver mais experiência em vendas online.

Mas, como ganhar dinheiro trabalhando na internet?

Separei algumas ideias que podem te ajudar a começar um negócio através da internet ainda hoje.

Freelancer

Talvez você ainda não conheça esse termo. Mas, é bem simples.

Um freelancer nada mais é do que alguém que presta serviço através da internet.

Pode ter clientes fixos ou trabalhar só com demandas de clientes diversos, ou ainda mesclar os dois.

Se você sabe editar vídeos, traduzir textos, escrever artigos utilizando técnicas de SEO, criar roteiro para vídeos no YouTube, editar imagens e vídeos, ou qualquer outra habilidade, você pode ajudar outros.

Para trabalhar com isso você pode se cadastrar em alguma plataforma de freelancer.

Por exemplo, Workana, 99Freelas, Trampos, entre outras.

Essa é uma boa forma para começar a ganhar dinheiro trabalhando na internet com até mesmo poucas horas por dia.

Afiliado

Ser um afiliado digital pode te dar a liberdade que deseja.

Além disso, você pode ter um negócio online altamente lucrativo.

Basicamente, um afiliado é um revendedor online.

Um afiliado profissional usa estratégias de marketing digital para poder vender seus produtos através da internet.

Ao ser um afiliado, você recebe comissão a cada venda realizada.

Este é um mercado em alta.

Hoje por meio da venda de infoprodutos, ser um afiliado digital pode ser muito lucrativo.

Contudo, você precisará obter conhecimento sobre tráfego pago e orgânico.

A partir daí, decidir qual será seu plano de ação para começar a vender através da internet.

Infoprodutor

Um infoprodutor (conhecido também como expert) é aquele que é dono de um infoproduto — PDF ou curso online, em sua maioria.

As vantagens são gigantescas.

Primeiro que no mercado digital você pode vender seu produto digital de forma escalável.

Além disso, você tem alta margem de lucro.

E por último, você pode automatizar diversos processos e etapas de seu funil.

Com isso, seu negócio roda no automático.

Você pode decidir se seu produto irá ficar vendendo de forma perpétua ou no modelo de lançamento.

São estratégias diferentes, mas vale a pena estudar ambas para entender qual melhor se adapta ao seu produto.

Sendo um infoprodutor você poderá ter uma boa renda mensal.

Coprodutor

O coprodutor é quem, não obrigatoriamente, cuida da parte estratégica e de vendas do infoprodutor.

Essa é a pessoa que entende das estratégias digitais para engajar, impactar, gerar conexão com o público, e converter.

Então, esse profissional é quem ganha através de porcentagem em cima do faturamento, ou do lucro líquido, a depender do combinado.

A vantagem de ser um coprodutor é que essa pessoa não precisa aparecer.

Não precisa expor seu rosto nas mídias sociais.

Ao mesmo tempo, o coprodutor pode receber gordas comissões com base no resultado que gera.

Dropshipping

O dropshipping é uma modalidade do ecommerce.

A diferença dessa forma de atuação é que, diferente de um ecommerce convencional, você não precisará de estoque.

Ou seja, você não precisa de um espaço físico.

Outra vantagem é que não precisa também se preocupar com frete.

Nessa modalidade, o consumidor final compra em seu site.

Após isso, você realiza a compra no site do fornecedor daquele produto em questão.

Logo após, você preenche o endereço de entrega com os dados do seu consumidor.

Com isso, a compra vai direto para o cliente — você foi apenas o intermediador.

Obviamente, que nessa operação você deve garantir que o faturamento seja maior que seu custo.