english language
portuguese language

Embora tenhamos leis que amparam e dão garantias aos cidadãos, muitas vezes há empecilhos que dificultam ou atrasam as investigações e processos. Claro, são vários os motivos que levam a isto, como a grande demanda dos investigadores e dificuldades de levantar provas.

Um crime, por exemplo, é caracterizado pela violação das leis existentes em determinado país, estado ou cidade. Toda a pessoa que age contra a lei pode ser condenada, em caráter de autor ou cúmplice.

Mas todo crime precisa ser comprovado e, é nessas horas que um detetive particular pode ser muito útil.

Quais são os principais crimes previstos em lei?

Os principais (e mais recorrentes) crimes previstos em lei são de cunho pessoal e/ou de patrimônio:

  • Pessoa: feminicídio, lesão corporal e calúnia (Artigos 121 a 154 do Código Penal);
  • Patrimônio: roubo, estelionato, fraude e furto (Artigos 155 a 180 do Código Penal);
  • Dignidade sexual: estupro, importunação sexual e assédio (Artigos 213 a 234 do Código Penal).

E vários outros crimes que vão desde a perturbação da paz pública (com apologia às drogas e ao crime) até sonegação, corrupção, falsificação de dinheiro e crimes cibernéticos.

Auxílio na investigação

Como já mencionado, devido à demora em investigações por parte da polícia e/ou órgãos competentes, por motivo de alta demanda ou falta de material, muitas vezes os processos e vítimas de um crime ficam num longo aguardo da solução de seus casos.

Mas você sabia que um detetive pode auxiliar nas investigações e buscas por fontes de provas? Em primeiro lugar, é necessário saber que um detetive é uma pessoa treinada para esse tipo de prestação de serviço. Além disso, a Lei nº 13.432, de 11 de abril de 2017 regulamentou a profissão de detetive no Brasil.

Sendo assim, o detetive pode atuar, sendo contratado pelo réu ou acusado, na busca por fontes de provas, por exemplo. Em uma investigação policial, com a autorização do delegado, o detetive pode auxiliar no processo, respeitando o sigilo e intimidade das pessoas e não divulgando os meios e dados das coletas da investigação.

Quais as principais ajudas de um detetive?

Um detetive particular pode ajudar, principalmente, nas seguintes pautas:

  • Crimes cibernéticos: também conhecidos como golpes de internet. Aqui o detetive pode localizar a origem de um golpe financeiro, falsidade ideológica ou catfish;
  • Investigação paternal: neste caso, para garantir o direito de inserção do nome do progenitor nos documentos de uma criança, ou mesmo adulto. Também para garantir o direito à herança ou à pensão alimentícia, o detetive pode localizar o paradeiro do pai;
  • Localização de pessoas: infelizmente, o número de pessoas desaparecidas é grande. Um detetive particular pode, com rapidez e técnica, localizar pessoas desaparecidas por diversos motivos, como transtornos, drogas ou violência;
  • Investigação empresarial: neste caso, o detetive irá investigar se um sócio, por exemplo, está cometendo um crime de infidelidade financeira, roubo de patrimônio, propriedade intelectual e até abuso de poder.

Esses são somente alguns exemplos principais do auxílio que um detetive pode prestar. É importante salientar que o detetive, como já mencionado, é uma pessoa preparada e apta a participar de investigações e busca por provas, sendo treinada e usando técnicas como:

  • Camuflagem;
  • Checagem de redes sociais e câmeras;
  • Olhar clínico e lógico para os detalhes.

Contratar um detetive irá economizar tempo e energia na solução de seus processos.